Coração Sertanejo

Com: Diego
Diego
  • novidades


    Primeiro debate dos presidenciáveis tem tom morno

    Sex, 10 de Agosto de 2018, 06h54min

    Candidatos deixam troca de acusações de lado, evitando atacar adversários e discutir temas como a Lava Jato e a prisão de Lula. Nos bastidores, assessores tentam espantar tédio com jogos de celular.O tom belicoso e polarizado que marca a vida política brasileira nos últimos anos ficou longe do primeiro debate com os candidatos à Presidência da República, organizado pela rede de TV Bandeirantes na noite desta quinta-feira (09/08).


    Temas que dominam as discussões no país, como a Operação Lava Jato e a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ganharam pouca ou nenhuma atenção da maior parte dos concorrentes, que tentaram, de uma forma ou de outra, se apresentar como políticos que farão tudo diferente do que foi feito no país nos últimos anos.


    Até o candidato do governo, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB), preferiu relembrar seus tempos como presidente do Banco Central nos governos Lula do que sua experiência como comandante da economia na atual gestão do presidente Michel Temer.


    O resultado foi um debate morno, sem discussões acaloradas ou troca de acusações. Quase nenhum candidato atacou os pontos fracos de seus concorrentes. O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) não foi questionado sobre os escândalos de corrupção envolvendo superfaturamento de obras públicas na área de transporte. E ninguém questionou o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, sobre seu histórico de comportamentos agressivos.


    O fato de Guilherme Boulos (PSOL) ser o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, que invade edifícios desocupados, foi pouco citado pelos candidatos, e até Jair Bolsonaro (PSL), líder em todos os cenários em que o ex-presidente Lula não aparece nas pesquisas, foi poupado quanto a suas posições extremadas em relação à raça, gênero ou violência pública.


    Ainda estiveram presentes o candidato do Podemos, Alvaro Dias, a candidata da Rede, Marina Silva, e o candidato do Patriota, Cabo Daciolo. De acordo com a TV Bandeirantes, foram convidados os candidatos de partidos que têm pelo menos cinco representantes no Congresso. O ex-presidente Lula, candidato do PT, que cumpre prisão em Curitiba, foi convidado, mas não foi autorizado pela Justiça a participar do debate.


    TERRA

  • programação

    15:00

    Deixa Rolar

    Locutor(a): Diego
    16:00

    Deixa Rolar

    Locutor(a): Rodrigo
    17:00

    Estação Alternativa

    Locutor(a): Michel
  • agenda


    Banda Sagytarius

    DATA: 17 de Agosto
    LOCAL: Clube América - Ipuaçu - SC

    Rama Centro de Eventos

    DATA: Sex, Sab e Dom
    LOCAL: Rama Centro de Eventos - Xanxerê
  • facebook

Restaurar padrão do site:
Restaurar
Copyright 2009 - Alternativa 102.7 FM Desenvolvido por: 2OP